RECEITA PRATICA DE FEIJOADA LIGHT

     Esta receita é mais uma da linha confort food, e dizem por ai que cai bem em dias frios de inverno. Eu até concordo, mas gosto tanto do prato, que poderia comer em qualquer dia e qualquer estação do ano.

     Porém, eu, fresco que sou, não sou fã daquelas mais tradicionais, feitas com pé do porco, focinho do porco, rabo do porco, orelha do porco... nem nenhuma dessas.
     E também sempre procuro evitar carnes muito gordurosas.

     Alguns truques podem ser bem úteis para que sua feijoada seja típica de um restaurante gourmet. Tais como:

     *Procure utilizar apenas o charque (carne seca) traseiro. É uma carne mais nobre, mais consistente e com menos gordura.

     *Procure retirar ossos e cartilagens antes de acrescentar sua carne ao feijão. Há quem diga que o osso passa um bom sabor a carne, e eu até concordo, mas as carnes de feijoada são em sua maioria previamente defumadas, portanto o sabor que era pra passar, já passou, e nada mais desagradável que mastigar uma cartilagem, ou ter que ficar separando ossos enquanto come.

     *Paios e calabresas devem ser cortados diagonalmente, o que deixa sua feijoada com uma cara de maior fartura já que terá pedaços maiores de carne, e lembrando sempre que estas linguiças são do tipo que deve-se retirar a pele e descarta-la antes de seu preparo.

     *O melhor truque para dessalgar sua carne, é cozinhar ela em água fervente por 2 minutos, trocar a água, e cozinhá-la novamente até que fique tenra e macia, e então escorrer a água e descartá-la.

     *Ao acrescentar todas as carnes no feijão, um bom truque para diminuir ainda mais a gordura do prato, é cozinhar sua feijoada com uma laranja inteira com casca, por 5 minutos em fogo baixo. Ela não passa sabor a comida, mas absorve uma quantidade enorme de gordura. Pode ser descartada logo após o cozimento.

     *Pedaços de laranja são uma ótima sobremesa ao prato. São adstringentes, ricas em vitamina C, e suas fibras irão ajudar muito na digestão, porém, não custa nada servi-la sem pele e sem sementes, ok?

     *Os acompanhamentos tradicionais são de longe, os melhores possíveis, portanto uma boa couve refogada com cebola, alho e azeite, uma farofa bem temperada, e até alguns pedaços de torresmo são a combinação mais que perfeita do seu prato.

     A receita em sí é muito simples.
     Basta cozinhar o feijão preto com 5 minutos a menos que o normal (normal = 30 minutos, ou seja, cozinhe por 25 minutos na pressão), enquanto refoga bem todas as carnes (menos a carne seca, pois já esta cozida e pode desmanchar), e quando tudo estiver pronto, é só juntar tudo na mesma panela e deixar cozinhar por mais uns 15 minutinhos. E está pronta sua feijoada light!

Fica a dica:
Pimenta neste prato é muito bem vinda, mas não são todas as pessoas que gostam, portanto, deixe o prato com uma pimenta beeem suave, e um truque legal, é fazer um molho de pimenta muito fácil com o próprio molho do feijão. Assim: Junte uma concha apenas com o caldo do feijão, junte a pimenta á gosto, e deixe ferver por 1 minuto, ou até incorporar o sabor. E pronto! Assim você terá um molho de pimenta de feijão preto para poder acrescentar a gosto no seu prato, como se já estivesse incorporado desde o seu cozimento. Bom Apetite! ;)

Por favor, compartilhe!

  • Share to Facebook
  • Share to Twitter
  • Share to Google+
  • Share to Stumble Upon
  • Share to Evernote
  • Share to Blogger
  • Share to Email
  • Share to Yahoo Messenger
  • More...

Nenhum comentário :

Deixe uma resposta

Scroll to top